TELEX PARA O NOVO PRESIDENTE DA FPF

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 02:24





Sem surpresa, Fernando Gomes foi eleito presidente da FPF. Em relação a Carlos Marta, candidato derrotado, Gomes partiu em vantagem, içado pelo apoio dos clubes dos campeonatos profissionais. Esse favoritismo, foi materializado, por isso sem surpresa, nas urnas. E porque razão Fernando Gomes troca a liderança da Liga, pela principal cadeira da Federação? Porque o poder regulamentar na FPF passa a ser exercido pela direcção, em detrimento da Assembleia Geral. É uma imposição legal do novo regime jurídico das federações desportivas. Com a nova configuração estatutária, a liga perdeu grande parte da autonomia que detinha. No fundo, o actual quadro jurídico, reintegrou a Liga na Federação. A FPF surge com a nova estruturação, como a entidade máxima da regulação do futebol nacional.
Ao contrário da direcção federativa, os conselhos de Disciplina, Arbitragem, Justiça e Fiscal, foram eleitos pelo método de Hondt, o que poderá provocar alguns galhos difíceis de quebrar. A coabitação de elementos de listas concorrentes deixa antever indesejáveis rupturas de uma nova era que nasceu com as eleições federativas, depois de um longo processo de ajustamento do futebol, ao regime jurídico das federações desportivas de 2008.

TELEX PARA O SORTEIO DO EURO 2012

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 11:23




Viagens longas e adversários indesejados. Esta conclusão, resume o que deve estar a pensar Paulo Bento, sobre o sorteio da fase final do europeu de 2012. Dois jogos em Lviv e um em Kharkiv. Os responsáveis federativos preferiam a Polónia, mas a selecção vai realizar os três jogos na Ucrânia, o que obrigará a deslocações longas num curto espaço de tempo (três dias a distância entre o segundo jogo de Lviv com a Dinamarca e o de Kharkiv com a Holanda). Com logística difícil de gerir, a selecção portuguesa terá de tomar consciência que nesse particular está em pé de igualdade com os adversários. No resto, a equipa portuguesa não teve um sorteio favorável. A Holanda é vice-campeã do mundo. A Alemanha foi intratável na fase de qualificação. E a Dinamarca ficou à frente de Portugal, ganhando o jogo decisivo em Copenhaga. Nesse jogo, a equipa de Paulo Bento foi uma caricatura da selecção que defrontou a Bósnia e que se espera no europeu. Quem tem Quaresma e Nani e dá-se ao luxo de exonerar Bosingwa e Ricardo Carvalho, pode assumir desassombradamente uma candidatura ao europeu, mesmo sendo a única equipa do grupo que ainda não ergueu o troféu…

TELEX DO APURAMENTO

1

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 02:51



A qualificação da selecção portuguesa para o europeu de 2012, é uma má notícia para os adversários (a equipa das quinas é candidata à conquista da prova) mas é uma óptima notícia para o nosso país e para todos os adeptos do planeta futebol (pela presença na competição, do melhor jogador europeu do futebol mundial: Cristiano Ronaldo).
Em época de crise (o estádio da Luz não encheu no jogo decisivo), os portugueses esqueceram por momentos os problemas que os afectam e festejaram o apuramento da selecção, numa noite de gala, com grandes golos e uma exibição convincente da equipa de Paulo Bento.
A selecção foi uma equipa na verdadeira acepção. Mostrou união, força colectiva, capacidade mental e boa organização táctica. Paulo Bento preparou bem os dois jogos e a justiça do apuramento português é inquestionável.
O futebol, serviu para subir os níveis de auto-estima dos portugueses e estampar um sorriso no rosto de um povo que pela conjuntura política e económica tem acordado com os pés de fora.
Na Polónia e Ucrânia, no europeu do próximo ano, há bons motivos para acreditar que Portugal pode ter um sorriso ainda mais rasgado!

TELEX PARA A SELECÇÃO

1

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 02:27



A selecção desiludiu em Copenhaga. E dizer-se que foi um dia mau, parece demasiado redutor. A equipa perdeu consistência defensiva, vocação ofensiva e agressividade. Portugal não tem um padrão de jogo definido. A defesa deixou de ser um bloco compacto e precisa de coordenação colectiva. O meio campo não pressiona e está órfão de referências de organização. O ataque não tem ponta de lança (Hélder Postiga não é solução) e Ronaldo tem dificuldades em puxar dos galões de melhor do mundo quando veste a camisola das quinas. Estes dados tinham sido uma evidência no jogo com a Islândia e tiveram continuidade na Dinamarca. A equipa sofreu cinco golos nos dois jogos e Rui Patrício, em Copenhaga foi o melhor em campo evitando um resultado humilhante. Tudo isto, não invalida que Portugal tenha hipotecado as aspirações para estar presente no europeu. Os possíveis adversários no play-off (Turquia, Estónia, Bósnia e Montenegro) estão ao alcance da equipa das quinas. Basta a selecção portuguesa recuperar o ADN dos primeiros meses da chegada de Paulo Bento...

TELEX PARA JORGE JESUS

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 13:19




Depois da análise do discurso de Vítor Pereira, chegou a vez de abordar as declarações de Jorge jesus, na antevisão do clássico. O treinador do Benfica dividiu favoritismos e teve a preocupação de tirar pressão ao jogo lembrando que o campeonato ainda vai no adro. A mensagem ajuda a sacudir a tensão, principalmente aos nomes que vão participar pela primeira vez no embate mais estimulante do futebol português. É sabido que Jesus é bem melhor na táctica que na retórica e até admito ter sido um lapsus linguae ter chamado "colaborador" a Vítor Pereira, pelas funções que este exercia na época passada. Se não foi um erro acidental, Jorge Jesus deverá numa primeira oportunidade corrigir o epíteto. O treinador do Benfica sabe que Vítor Pereira estava para Villas-Boas como Raul José ou Pietra estão para Jesus. Não são meros colaboradores. São treinadores adjuntos.

TELEX PARA VÍTOR PEREIRA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 10:42





O discurso de Vítor Pereira é diferente de Villas-Boas. Vítor Pereira apresenta um registo mais próximo da linha de Jesualdo Ferreira. Não é mobilizador para os adeptos. Não é polémico. Não é demasiado apelativo. Mas tem aspectos positivos como acaba de demonstrar na antevisão do jogo com o Benfica. Aqui, Vítor Pereira foi a imagem do equilíbrio. Sem enviar uma única farpa ao adversário, o treinador do Porto não deu aso a respostas do seu homólogo encarnado, susceptíveis de gerar sobreaquecimento no ambiente em torno do clássico. Desta forma, Jorge Jesus terá pouco espaço de manobra para jogos psicológicos por falta de "provocações" do seu opositor. Até porque a discussão sobre penaltis, iniciada por Jorge Jesus após o Guimarães-Porto, e continuada por Vítor Pereira a propósito de erros no Gil Vicente-Benfica, já foi há mais de um mês. E neste como em muitos outros conflitos, o tempo é o mais sábio dos conselheiros!...

TELEX PARA FERNANDO GOMES

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 09:14




Não foi uma surpresa, o anúncio da candidatura de Fernando Gomes, à presidência da Federação Portuguesa de Futebol. De resto, o apoio dos clubes da Liga de Honra no último Conselho de Presidentes, não tenho dúvidas que surgiu depois de conversas prévias dos apoiantes com o actual presidente da Liga. Também não tenho dúvidas que Fernando Gomes sempre quis ser o presidente da Federação a partir do momento em que a lei de bases do sistema desportivo mudou. Os poderes do presidente da Liga não serão o que eram. Já o presidente da direcção da Federação passa a ser na teoria e na prática, a mais proeminente figura da pirâmide do futebol português. Ou seja, Fernando Gomes sentiu-se com a nova lei, dirigente a mais para cargo a menos, como presidente da Liga. E tem razão. E com o trabalho desenvolvido com pouco mais de um ano na liderança dos destinos da Liga, tem escancaradas as portas da Alexandre Herculano...

TELEX DA SEMANA EUROPEIA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 11:02



O balanço da jornada europeia de clubes é muito positivo. Em época de crise, o futebol, continua a ser um dos raros motivos de alegria para os portugueses. Pela ordem dos jogos, o Porto foi muito forte (erro de Helton á parte) e chegou mesmo a sufocar o Shakhtar, campeão ucraniano. O Benfica travou o Manchester e desperdiçou uma grande oportunidade para vencer aquela que é uma das três melhores equipas do mundo da actualidade. O Sporting evidenciou sinais de retoma da crise exibicional que estava a marcar a equipa e venceu sem contestação em Zurique. O Braga fez história com a primeira vitória do seu historial em território inglês. São as quatro melhores equipas do futebol português que representam o nosso país nas provas europeias. E pela amostra todas podem acreditar na passagem à fase seguinte. Porto e Benfica têm bons motivos para acreditar nos milhões da passagem aos oitavos de final da Champions. Sporting e Braga também podem olhar com optimismo para os 16 avos de final da Liga Europa. Nesta prova, seria importante para ambos a conquista do 1º lugar dos respectivos grupos, para que o sorteio da próxima fase lhes possa ser favorável...

TELEX PARA MANUEL MACHADO

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 13:17




Manuel Machado, um mestre no tecnolecto da especialidade futebol, falhou redondamente ao produzir um conjunto de insinuações que só contribuíram para o prejuízo da sua própria imagem. Afirmou que a sua saída de Guimarães já vinha sendo desenhada pelos dirigentes do Vitória e pelo treinador Rui Vitória, numa pintura com o beneplácito do presidente do Paços de Ferreira... E concluiu esta maquiavelice com base numa notícia de um jornal que não tinha sido desmentida. Muito pouco para tão graves afirmações. Manuel Machado está a ser desmentido pelas partes e nem era necessário porque tamanha trama rocambolesca custa a acreditar até ao mais incauto dos adeptos. Com tanta mestria na arte da dialéctica, Manuel Machado desta vez, perdeu uma boa oportunidade para estar calado.

TELEX PARA O CONSELHO DE PRESIDENTES

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 09:36



O Conselho de Presidentes que lamentavelmente não contou com todos os presidentes dos campeonatos profissionais, acabou por ser dominado pelas eleições para a FPF. E neste particular o processo começou mal. Não pelo desafio lançado a Fernando Gomes - se está a fazer um bom mandato, é natural que os clubes pretendam ver o presidente da Liga no lugar máximo do futebol português - mas pela eleição dos delegados para a Assembleia da FPF. A Liga que tem 20 votos na Assembleia (quase 25% do universo federativo), elegeu 20 delegados de outros tantos clubes. E dessas duas dezenas, 12 são da 1ª Liga. Ou seja, do principal campeonato português, só quatro clubes ficam excluídos das reuniões magnas da FPF. E inacreditavelmente ficou a saber-se que dois desses clubes são Benfica e Porto, os dois maiores emblemas do futebol português. Braga e Nacional são os outros dois clubes que ficam fora da carroça. Em suma, Benfica, Porto, Braga e Nacional, não terão voto nas decisões sobre o rumo do futebol português, a começar pelas eleições federativas. Foram os clubes que decidiram assim. Mas decidiram mal. O futebol português deu mais um tiro no pé.

TELEX PARA A MEDIAÇÃO

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted in | Posted on 11:09





Não faltam intermediários para reaproximar Paulo Bento e Ricardo Carvalho. O certo é que como disse Paulo Bento, a atitude de Carvalho não tem emenda possível e o central não irá mais à selecção enquanto o actual seleccionador se mantiver no cargo. Acresce que o central chamou "mercenário" ao treinador e Bento chamou "desertor" a Carvalho. Como se vê, não há volta a dar-lhe. Com 33 anos, Ricardo Carvalho pode pensar em pendurar de vez a camisola das quinas que serviu de forma tão marcante nas 75 internacionalizações que somou ao longo da sua carreira. E como tanto o treinador como o jogador são pessoas de bem, susceptíveis como qualquer outro mortal de ter um dia infeliz, seria bom que publicamente dessem o exemplo, apertando as mãos como duas figuras do futebol, para as quais estão virados os olhos de milhões de seguidores. E nem será necessário abrir candidaturas para a mediação do conflito. Basta entrar em acção Jorge Mendes, o agente FIFA que representa Paulo Bento e Ricardo Carvalho.

TELEX PARA A RENÚNCIA DE R. CARVALHO

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 13:23



Ficou a saber-se com a renúncia de Ricardo carvalho, que o ar no seio da selecção não é tão puro como se pensava, na “era pós Carlos Queirós”… Paulo Bento conseguiu resultados, voltou a injectar confiança no grupo e recuperou a relação dos adeptos com a equipa das quinas. Mas afinal, não conseguiu consolidar a união do grupo, em menos de um ano como seleccionador nacional. Uma das principais referências da equipa, Ricardo Carvalho, 75 vezes internacional, oito anos de selecção, com presença em dois europeus e dois mundiais, acaba de pendurar a camisola da selecção portuguesa, por sentir-se «desrespeitado e ferido» na sua dignidade. Ricardo Carvalho homem de boa têmpera, profissional exemplar, sem casos de indisciplina numa carreira imaculada, diz num comunicado “se me fazem sentir a mais e não mo dizem a única possibilidade é a saída”. Possível interpretação: Paulo Bento não lhe terá explicado a provável condição de suplente no jogo com o Chipre.
E se Ronaldo, já disse que não há lugares cativos na selecção, é preocupante ver aumentar fora da equipa portuguesa, uma espécie de bancada cativa de jogadores que não voltam a representar o país: Deco, Simão, Paulo Ferreira, Miguel, Tiago e agora… Ricardo Carvalho!

TELEX PARA DOMINGOS PACIÊNCIA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 12:23



Domingos Paciência não mostra confiança nos reforços contratados e reside aqui o problema mais evidente que ajuda a explicar um início de época tão fraco da equipa leonina. Na derrota com o Marítimo, o treinador apostou apenas em dois reforços de início e foi pouco ambicioso ao deixar em campo até ao fim, quatro defesas e aos retirar com as substituições os três mais adiantados: Djaló, Capel e Postiga. Também ainda não compreendi o porquê da aposta num quarteto defensivo que transita da época passada. O porquê da perda da titularidade de Rinaudo. E o porquê na linha da frente de uma dupla que rendeu no total 12 golos na época passada… A paciência da plateia de Alvalade, está a esgotar-se. E Domingos está a ser vítima das suas próprias opções.

TELEX PARA VITOR PEREIRA

1

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 08:17



Vítor Pereira acelerou um processo que acabará por ditar a sua própria saída do cargo de presidente da Comissão de Arbitragem da Liga. O dirigente que comanda os árbitros dos campeonatos profissionais, na primeira intervenção pública, depois do lamentável caso de Aveiro, não defendeu como se impunha, João Ferreira. Reconheça-se que o juiz de Setúbal, foi infeliz nos argumentos invocados para o boicote ao Beira Mar-Sporting. Mas Vítor Pereira teria sempre a obrigação de defender o árbitro. O presidente da Comissão de Arbitragem deveria ter dito que não concorda com o castigo a que João Ferreira está sujeito, porque o árbitro entendeu que não tinha condições para apitar o jogo. Dizer que não se demite porque os árbitros precisam de quem os defendam e na mesma entrevista não defender um árbitro que incorre num castigo até oito jogos de suspensão, é um erro de palmatória que está a custar a Vítor Pereira a perda da confiança da classe e que mais dia, menos dia lhe custará o próprio cargo...

TELEX SOBRE O CASO DO BEIRA MAR-SCP

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 06:57



Fernando Gomes, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, enviou uma carta aos clubes, apelando à responsabilidade dos dirigentes. A carta foi enviada na sequência do lamentável episódio de Aveiro, provocado pela escusa do árbitro João Ferreira. Para que a nova época valorize a indústria e o produto futebol, é necessário um campeonato com dirigentes que respeitem os princípios que os próprios aprovaram mas também árbitros responsáveis e capazes de resistir à crítica. E na verdade, até ao pedido de escusa de João Ferreira, argumentada com um artigo de um jornal desportivo sobre alegado mal-estar em Alvalade com a nomeação para o Beira Mar-Sporting, não houve uma única declaração de responsáveis do Sporting sobre o tema. A intenção de Fernando Gomes é louvável. Mas falta a intervenção do presidente da Liga perante o árbitro em causa e quem o dirige.

TELEX PARA A GERAÇÃO DA CORAGEM

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 17:50



O seleccionador Ilídio Vale chamou "geração da coragem" a uma espécie de "geração à rasca" que representa o conjunto de jogadores brilhantemente apurados para a final do Mundial de sub-20. Na verdade, é provável que nenhum dirigente do futebol português seja capaz de enunciar a constituição da jovem equipa das quinas que se apurou para a final sem um único golo sofrido na competição que decorre na Colômbia. E a façanha dos jovens jogadores portugueses é uma providencial bofetada de luva branca naqueles que todos os dias continuam a importar jogadores estrangeiros, muitos deles de qualidade duvidosa. A 1ª Liga portuguesa tem cerca de 270 estrangeiros inscritos. Os que acrescentam qualidade aos clubes e prestígio à competição, chamando mais adeptos aos estádios, são bem-vindos. Os outros deveriam dar lugar à "geração à rasca" que precisou de um Mundial para dar o grito do Ipiranga. Resta esperar para ver se a proeza alcançada na Colômbia será suficiente para travar os contentores provenientes da América do Sul...

TELEX PARA A APRESENTAÇÃO DO SPORTING

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 08:46



Ninguém gosta de perder mas o Sporting se quisesse ter um triunfo garantido no jogo de apresentação aos sócios, teria convidado um adversário de cotação inferior ao Valência, a terceira equipa do futebol espanhol, depois de Barcelona e Real Madrid. O capitão do Sporting, Carriço, foi digno ao pedir desculpa aos sócios pela derrota por 3-0. Todavia, o resultado num jogo a feijões não é importante e há outros aspectos que a nação leonina se deve orgulhar. Desde logo, o reencontro dos adeptos com o clube. Alvalade registou a maior enchente dos últimos seis anos. Um dado que confirma a recuperação da confiança dos sócios e o bom trabalho do novo elenco directivo do clube. O Sporting alterou a política desportiva e o discurso. Era imprescindível para voltar a estar à altura da sua própria grandeza. Quanto aos resultados desportivos, o treinador vai precisar de tempo para que o colectivo ganhe rotinas e os jogadores se adaptem à sua concepção de jogo. E é bom não esquecer que ainda há nomes a chegar, como o extremo Jeffrén.

TELEX PARA A SELECÇÃO DE SUB-20

1

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 08:26







A selecção portuguesa de sub-20, joga sem pressão, o Mundial da categoria que decorre até 20 de Agosto, na Colômbia. A equipa de Ilídio Vale está integrada no Grupo B com as selecções do Uruguai, Camarões e Nova Zelândia. Independentemente da qualidade dos adversários, a jovem formação das quinas tem a vantagem de jogar sem o epíteto de favorita. Os jogadores que vão representar Portugal, não são titulares nos clubes a que pertencem. É uma selecção formada por jogadores pouco utilizados ou emprestados. O ostracismo explica-se com a crescente aposta dos clubes portugueses em jogadores estrangeiros (sobretudo sul-americanos). Sobre esta plangente realidade, Ilídio Vale já disse que os clubes tratam muito mal o que constroem. O Mundial de sub-20 é uma excelente ocasião para os jogadores reclamarem oportunidades. E pouco mais poderá pedir-se à jovem equipa das quinas...

TELEX PARA LUISÃO

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 07:07





Luisão provou em campo frente ao Trabzonspor que no mínimo foi infeliz o argumento do seu empresário para abrir caminho a uma transferência do central brasileiro para o PSG. Giuliano Bertolucci disse na véspera do jogo que Luisão queria “mudar de ares” por haver “muita pressão no Benfica”. Horas antes, à chegada a Lisboa, Luisão tinha dado indícios quanto a uma possível saída. Declarações evitáveis no conteúdo e no timing. Acabou por ser o empresário a aumentar a pressão em Luisão, antes de um importante jogo da pré-eliminatória da Champions. O jogador, com boa folha de serviços na Luz, não precisava de ter ouvido assobios dos adeptos quando o seu nome foi anunciado pelo "speaker" do Estádio da Luz. Respondeu com uma óptima exibição, mostrando que aos 30 anos, joga imune a pressões e em qualquer clube. Se Luisão quer sair, deveria assumir claramente. Caso contrário, antes do jogo, deveria ter pedido desculpa, lembrando que tem contrato e que na última vez que renovou até admitiu a possibilidade de terminar a carreira de águia ao peito. E a pressão que existia no Benfica nessa altura, não mudou...

TELEX PARA O BENFICA-TRABZONSPORT

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 08:28



Quando o Trabzonspor nasceu, o Benfica já tinha participado em quatro finais da Taça dos Campeões e erguido o troféu por duas vezes. O jovem clube turco, fundado em 1967, é o adversário do Benfica na 3ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Num duelo entre vice-campeões de Portugal e Turquia, a equipa de Jesus é favorita e não pode falhar a última etapa que dá acesso ao play-off que qualifica para a fase de grupos da Champions.
O Trabzonspor chega à Luz num momento delicado. O clube está a ser investigado pelas autoridades turcas, por alegadas participações em esquemas de viciação de resultados. O presidente Sadri Sener foi detido no âmbito da investigação judicial. Perante o escândalo que também envolve o campeão Fenerbahçe, a UEFA decidiu autorizar a participação dos dois emblemas turcos nas provas europeias. Provavelmente, uma espécie de tiro pela culatra do mesmo organismo que há três anos, foi muito célere a admitir a possibilidade de exclusão do FC Porto, instaurando um processo disciplinar ao clube azul e branco no âmbito do “apito dourado”, processo que nos tribunais portugueses deu em...nada.

TELEX PARA A APRESENTAÇÃO DO FC PORTO

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 14:59




O FC Porto apresentou-se aos sócios com uma vitória fácil frente ao Peñarol e ainda sem os sul americanos Falcao, Guarín, James, Álvaro, Danilo, Alex Sandro e Iturbe.
O treinador Vítor Pereira, na mesma linha de Villas-Boas prefere o 4-3-3. Kléber confirmou potencial. Tem menos quatro anos que Falcão e perfila-se como o sucessor de “El Tigre” quando o colombiano sair do Dragão, o que ainda poderá acontecer neste defeso. O jovem brasileiro Kelvin de apenas 18 anos chegou ao Porto mais novo que James e mostrou pormenores de inegável talento, nos poucos minutos que esteve em campo. Na linha média, a ausência de Fernando soou a despedida. Na defesa, Fucile não precisa de apresentações como alternativa a Alex Sandro, uma vez que a venda de Álvaro Pereira, super valorizado na Copa América, parece inevitável.
O desenho do FC Porto 2011-2012, está perto, mas ainda não é uma obra acabada. E a final da Supertaça não terá de ser a data limite para a definição do plantel. Basta recordar que na final da época passada, Raul Meireles ainda jogou os últimos minutos, ajudando a equipa a derrotar o Benfica, poucos dias antes da transferência para o Liverpool.

TELEX DA APRESENTAÇÃO DO BENFICA

1

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 13:54



O Benfica apresentou-se aos sócios, na Luz como uma vitória merecida por 1-0 frente ao Toulouse. Jorge Jesus utilizou 21 jogadores e estreou os mais recentes reforços Eduardo e Garay (na 2ª parte) e Emerson (a tempo inteiro). Falta Capdevila. Emerson deu excelentes indicações para o lugar que foi de Coentrão na época passada. Na 1ª parte, Matic e Nolito, confirmaram que são bons reforços. Bruno César ainda não consegue encaixar-se e acompanhar os ritmos da equipa. Na 2ª parte, Enzo Perez mostrou bons pormenores e Garay já deixou uma amostra do seu ponto forte, o jogo aéreo. Dos jogadores que transitam da época anterior, Gaitan e Jara estiveram em evidência. A equipa ressente-se da ausência de Maxi Pereira e Luisão e precisa de afinar o modelo de jogo, o que só será possível quando Jesus passar a trabalhar em qualidade, em detrimento da quantidade. O tempo aperta e a pressa é inimiga da perfeição. Mas depois das dispensam que se adivinham, Jesus tem razões para acreditar num grupo forte e capaz de lutar pelas várias frentes da nova época...

TELEX PARA DIEGO CAPEL

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 06:46



Com a chegada de Diego Capel ao Sporting, são agora 33 os reforços oficiais dos três grandes(apenas quatro jogadores são portugueses!...). Diego Capel é mais uma boa contratação para o Sporting. Internacional espanhol em todos os escalões, o jogador estreou-se com 16 anos na primeira equipa do Sevilha. No clube da Andaluzia, entre a equipa principal e a B, alinhou em mais de 200 jogos. Diego Capel é o canhoto que o Sporting precisava para um plantel que está pronto e que Domingos tem trabalhado num sistema táctico de 4x1x3x2. Os leões deram boas indicações do estágio em Hoenderloo, na Holanda, com três vitórias e zero golos sofridos. E mesmo descontando a qualidade dos adversários que defrontou, já foi possível ver um novo Sporting, sem comparação com o que na época passada no campeonato apenas conseguiu ganhar 13 jogos, em 30 jornadas... E importa recordar que Domingos Paciência ainda não contou com os sul-americanos Rodriguez, Carrillo, Matias Fernandez e Luís Aguiar, para além do mais recente reforço, o espanhol, Diego Capel.

TELEX PARA MANO MENEZES

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 09:16





A Confederação Brasileira de Futebol acaba de reiterar a confiança em Mano Menezes depois da selecção canarinha ter "imitado" a Argentina, saindo da Copa América após um comportamento decepcionante. No futebol, nem sempre um conjunto de bons jogadores formam uma boa equipa. Brasil e Argentina são no presente o paradigma deste conceito. No caso do Brasil, o seleccionador Mano Menezes falhou ao não conseguir apresentar um colectivo coeso e com qualidade de jogo. Mas olhando para o lote de jogadores que utilizou na Copa América, Mano Menezes também falhou ao abdicar de Hulk. O Brasil não teve (e bem precisou...) de um jogador como Hulk. O seleccionador explicou antes da Copa América que Hulk estava tapado por Neymar e Robinho. Contudo, os dois juntos, não conseguiram aproximar-se das características que se destacam em Hulk: velocidade, desequilíbrios, assistências e poder de fogo. O brasileiro do Porto tinha lugar indiscutível pelo menos na convocatória. E quem prescinde de um jogador como Hulk, não merece um voto de confiança da CBF!...

TELEX PARA FALCÃO

3

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 07:43



Em menos de um mês, Falcão mudou de empresário e alcançou o acordo de renovação com o FC Porto. As negociações decorriam há vários meses mas só agora ficaram concluídas, após a entrada em cena do super agente FIFA, Jorge Mendes. O Porto aumentou a folha salarial do goleador e a cláusula de rescisão que passou de 30 para 45 milhões de euros. Os responsáveis pelo clube azul e branco acham que será possível manter Falcão, numa época de Champions que poderá valorizar ainda mais o jogador, permitindo a maior venda de sempre da FC Porto SAD, dentro de um ano. Para já, Falcão está a brilhar na Copa América, depois de um ano sensacional no FC Porto. E mesmo que até ao encerramento do mercado, um "tubarão" europeu pague os 45 milhões, o Porto fica com dinheiro de sobra para comprar uma alternativa ao colombiano, confirmando que a renovação foi um excelente acto de gestão, por um jogador que no total custou ao Dragão 5,4 milhões de euros.

TELEX PARA O PRIMEIRO PORTO-BENFICA

1

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 06:53




No campeonato das transferências, já tardava o primeiro Porto-Benfica da época...Depois dos desvios de Falcão e Álavro Pereira, no Verão de 2009, o Porto terá resgatado ao rival encarnado, Alex Sandro, lateral esquerdo brasileiro de 20 anos, e já negoceia Danilo, lateral direito do Santos, jogador da mesma idade e que pode também jogar na linha média. Ambos são internacionais de sub 20 pelo Brasil e estariam nas cogitações do Benfica, apesar de Rui Costa não ter confirmado o interesse do clube encarnado. O Porto apresentou outros argumentos financeiros ao Santos e ao grupo de investidores que partilham o passe do jogador, ganhando a corrida por mais dois jovens talentos canarinhos. O Dragão parecia adormecido no mercado, comparando o movimento de jogadores com o de Benfica e Sporting. Afinal despertou e não vai ficar por aqui quanto a entradas... No que toca a saídas, parecem estar na forja as vendas de Sapunaru e Álvaro Pereira.

TELEX DE BALANÇO DO ESTÁGIO DO BENFICA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 08:32



A 13 dias da pré-eliminatória da Liga dos Campeões, o Benfica regressou do estágio na Suiça, com quatro golos sofridos, problemas claros na defesa e um plantel ainda indefinido. A tão pouco tempo do primeiro compromisso oficial da época, o Benfica já deveria estar mais perto de completar o puzzle de jogadores. O plantel tem jogadores a mais e ainda há reforços a chegar. E o clube nem se poderá queixar de falta de tempo na preparação da nova época. Basta recordar que está no mercado desde Janeiro e que ficou muito cedo afastado do título. E Jorge Jesus que no balanço do estágio suiço reconheceu problemas na defesa, não foi feliz ao considerar que André Almeida e o Wass “são jogadores que ainda têm muito para aprender e crescer”. Afinal, trata-se de dois reforços que mereceram a sua aprovação. E se Miguel Vitor e Roderick “não dão para quando começar a sério”, ficou a saber-se que o treinador não acredita nas alternativas a Luisão e Garay, no centro da defesa.

TELEX DO ESCÂNDALO DAS APOSTAS

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 09:10




Depois dos escândalos na Itália e na Grécia com o esquema de fraudes em apostas desportivas, agora o abalo chegou ao futebol turco com a detenção dos presidentes do Fenerbahçe e o Trabzonspor e investigação do Besiktas. Em 2009, duzentos jogos foram investigados em nove países europeus: Alemanha, Bélgica, Suiça, Croácia, Eslovénia, Turquia, Hungria, Bósnia e Áustria. Várias pessoas foram presas. A manipulação de resultados é um flagelo que continua a ameaçar não só o futebol, como outras modalidades desportivas. A "moda" ainda não chegou a Portugal. Felizmente, no nosso país, não há registo de qualquer incidente sobre fraudes dessa natureza. O futebol português é nesse aspecto um bom exemplo, embora haja ainda um longo (e urgente) caminho a percorrer, no âmbito da regulação das apostas desportivas na Internet.

TELEX PARA MADRID

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 06:23



Começou um dos maiores desafios da carreira de José Mourinho. Depois de ter perdido o Campeonato e a Liga dos Campeões para o rival Barcelona, Mourinho viu reforçados os poderes no clube com o afastamento de Valdano e iniciou os trabalhos da nova época, com a fasquia elevada ao máximo. Ou seja, o treinador português não pode falhar na presente temporada. As receitas milionárias que o clube vai receber com jogos amigáveis nos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha e China, calam o provável desagrado de Mourinho. O treinador preferiria um início menos fatigante. Na verdade, o arranque dos trabalhos é feito com uma agenda pouco recomendável para quem precisa de carregar baterias para uma época de um nível de exigência altíssimo. San Diego, Los Angeles, Filadélfia, Berlim, Leicester, Guangzhou e Tianjin, são viagens a mais, sendo que a última, à China, termina uma semana antes da decisão da Supertaça de Espanha, frente ao Barcelona. Se a máquina merengue claudicar no primeiro troféu espanhol da época, Mourinho terá uma boa desculpa. É o único aspecto que joga a favor do treinador, na tournée mundial de Verão do Real Madrid.

TELEX PARA O ESTUDO DA LIGA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 11:17



O estudo apresentado pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional, encomendado a uma equipa de investigadores da Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica do Porto em conjunto com a auditora Delloitte, confirmou o que todo o país já sabia: o futebol português vive acima das suas possibilidades. A novidade do estudo são os números. Só na 1ª Liga os clubes devem 500 milhões a instituições bancárias. Na Liga de Honra, também não havia “dúvidas sobre o equilíbrio financeiro”, sendo que “quase todos os clubes dependem de subsídios para manter a actividade”. O estudo conclui que o futebol português precisa de internacionalizar o produto e ser mais competitivo e sustentável. O certo é que com jornadas com a duração de 100 horas, jogos em horários proibitivos para trabalhadores e estudantes, bilhetes a preços inacessíveis, insegurança nos estádios e o clima de crispação constante entre Benfica e Porto, vai ser difícil acordar o futebol português para a realidade...

TELEX PARA AS CLÁUSULAS DE RESCISÃO

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 06:25



As cláusulas de rescisão servem de salvaguarda financeira para o clube proprietário dos direitos económicos do jogador e não como referência do seu valor financeiro. Por exemplo, Hulk, o melhor jogador da Liga Portuguesa e com a cláusula mais alta, não vale 100 milhões de euros. Quero com isto dizer que os clubes que vendem pelos valores das cláusulas, vendem bem, como aconteceu com o Benfica na transferência de Fábio Coentrão para o Real Madrid. Mas se por um lado as cláusulas protegem os clubes detentores dos passes dos jogadores, por outro podem deixá-los com a criança nos braços. Imagine-se que um clube rico, chega ao Dragão no dia 31 de Agosto e paga a cláusula de Hulk... O Porto não terá tempo nem margem de manobra para encontrar uma alternativa no mercado, com três jornadas do campeonato já decorridas e com a Liga dos Campeões à porta. As actuais regras do mercado precisam de uma revisão urgente. Um bom tema para os responsáveis do futebol português debaterem, em defesa dos seus próprios interesses...

TELEX PARA COENTRÃO

1

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 08:43





Depois de várias juras de amor ao Benfica, Fábio Coentrão, assinou por seis temporadas pelo Real Madrid. O jogador tomou a opção certa. Ingressa no maior clube do mundo. O Benfica vendeu bem. Nos tempos que correm poucos clubes se podem ufanar de uma venda por 30 milhões, de um defesa esquerdo... A saída de Coentrão do Benfica empobrece a Liga Portuguesa de Futebol mas reforça a qualidade do treinador Jorge Jesus, o grande responsável pela afirmação de um talento que teve a carreira ameaçada. Basta recordar que o "Figo das Caxinas" não era opção para Marcelino Toral, no Saragoça. No Benfica, Jesus adaptou Fábio Coentrão à lateral esquerda e garantiu que sob a sua orientação, o jogador seria a curto prazo um dos melhores do mundo na sua posição. Na transferência de Coentrão para o Real Madrid, como a recente passagem de Villas-Boas para o Chelsea, fica também provado que no futebol profissional, o amor à camisola é um sentimento que se resume ao sócio que paga a cota, exibe o cachecol e a bandeira e ocupa o lugar na bancada. Da vedação para dentro do campo, para encontrar os fiéis depositários dessa transcendência de paixão acrisolada pelo emblema, será necessário recuar ao tempo da vida a preto e branco...

TELEX PARA A COPA AMERICA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 04:53







A Copa América começou sob o signo da desilusão. Faltam golos, exibições e espectáculo. Brasil e Argentina, os dois grandes favoritos, produziram exibições lastimáveis. O Brasil saiu do jogo com a Venezuela com um único lance de perigo, o remate à barra de Pato por volta da meia hora. Muito pouco, frente à pobre Venezuela, 69ª do ranking da FIFA. A amostra da Copa América estará certamente a deixar a FIFA a pensar sobre a inoportunidade da competição. As estrelas que actuam em clubes europeus concentraram-se após um curto período de férias que se seguiu a uma época desgastante. Prepararam-se "à pressão" para a Copa América e vão chegar no fim de Julho aos clubes já com a pré-época quase concluída. Ou seja, nem se prepararam convenientemente para a prova americana, nem para a temporada que se avizinha. Os clubes europeus devem estar pelos cabelos com a Copa América. No caso português, Luisão, Maxi, Álvaro Pereira, Christian Rodriguez, Falcão, Guarin, Alberto Rodriguez, Carrillo e Matiaz Fernandez, "atrapalham" a preparação de Benfica, Porto e Sporting. Na Liga de Honra, a Naval está privada de Bolívia...
A Copa América precisa (no mínimo...) de outro calendário. Caso contrário continuará a ser um enfado para os jogadores, clubes e até para o público!

TELEX DE UMA LIGA MENOS PORTUGUESA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 05:00



Fui um dos muitos críticos das imagens do relvado do Dublin Arena, após a final portuguesa da Liga Europa. Confesso que não gostei de ver uma conquista europeia do FC Porto comemorada apenas com bandeiras da Colômbia, Cabo Verde, Argentina, Uruguai, Brasil e Roménia. Só quando o avião da comitiva azul e branca aterrou no Porto, foi possível ver Beto com uma bandeira das quinas. Mas passado um mês e meio, ao olhar para as aquisições dos três grandes do futebol nacional, ainda não ouvi uma única voz a lamentar o que têm de comum as aquisições dos três grandes do futebol português: Artur Moraes, Léo Kanu, Daniel Wass, Lionel Carole, Enzo Peréz, Nemanja Matić, Bruno César, Nolito, Rodrigo Mora, Melgarejo, Bracalli, Djalma, Iturbe, Kelvin, Kleber, Marcelo Boeck, Alberto Rodríguez, Santiago Arias, Oguchi Onyewu, Atila Turan, Stijn Schaars, Fabián Rinaudo, Ricky van Wolfswinkel. São 23 estrangeiros (mais o português Nuno Coelho adquirido pelo Benfica) para uma Liga que cada vez mais despreza o produto nacional. O tal produto que continua a ser reconhecido apenas lá fora...

TELEX PARA O NOVO SPORTING

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 11:07




Godinho Lopes foi eleito há três meses para a presidência do Sporting, numa madrugada tumultuosa em Alvalade. Volvidos 90 dias, já ninguém duvida que nasceu uma nova era no clube leonino. O balanço do trabalho da nova direcção do Sporting é no meu entendimento muito positivo. No futebol, a pasta mais mediática e porventura mais difícil porque os leões precisam de uma profunda renovação, os leões estão a contratar com critério. Basta lembrar que com uma verba pouco superior ao valor pago por Sinama Pongolle em Dezembro de 2009, os leões já contrataram seis jogadores. Carlos Freitas, um competente gestor de activos, anda com pinças e máquina de calcular no mercado, a aumentar a qualidade de uma equipa que roçou o ridículo nos relvados portugueses, na época que terminou. E enquanto contrói o plantel, o treinador contratado, Domingos Paciência, trata de galvanizar os adeptos, com um discurso mobilizador que há muito não se ouvia em Alvalade. Foi apresentado há 30 dias, ainda não começou a treinar, mas já incentivou mais os adeptos do que Carvalhal, Paulo Sérgio e Couceiro juntos, ao longo de um ano e meio!

TELEX DA CLASSIFICAÇÃO DOS ARBITROS

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 11:01




A classificação dos árbitros de 1ª categoria, é justa, ao colocar no pódio, os dois melhores árbitros portugueses da actualidade: Pedro Proença e Jorge Sousa. Pedro Proença é pela 5ª vez o melhor árbitro da época. O juiz de Lisboa, aos 40 anos, registou a melhor nota da temporada (4.1 no Porto-Benfica para o campeonato) e pode ufanar-se da confiança da UEFA com nomeações para importantes jogos da Champions como o Real Madrid-AC Milan, Bayern Munique-Inter e Manchester United-Schalke. Os jogos internacionais não contam para a classificação interna mas ajudam a engalanar uma época muito positiva. Na classificação desta época o antípoda de Pedro Proença é Olegário Benquerença. O 19º lugar, é pouco prestigiante para um internacional com estatuto de mundialista. Jorge Sousa ocupa o 3º lugar da tabela mas também poderia ser segundo porque tem mais qualidade do que Artur Soares Dias. No 4º lugar, não é acidental o nome de Hugo Miguel. A esta distância, antevejo que já estão encomendadas as insígnias para o próximo árbitro internacional do quadro português...

TELEX PARA VITOR PEREIRA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 15:02



Vítor Pereira assume o comando técnico do FC Porto com um ambiente mais favorável do que Villas-Boas há um ano quando chegou ao Dragão. Depois de uma época sensacional e de muitas juras de amor ao clube, Villas-Boas deixou o Porto com um fax e um depósito bancário. Uma porta de saída até aqui inimaginável. Vítor Pereira recusou seguir viagem com o seu ex-chefe de equipa para Londres, abdicando das libras do Chelsea, para assumir o cargo de treinador principal do FC Porto. A atitude dá a Vítor Pereira um importante crédito para uma época em que a fasquia não estará agora tão elevada. O Porto arrasador de Villas-Boas passou para os adeptos uma confiança excessiva que poderia revelar-se perniciosa para a temporada que se avizinha. Com Vítor Pereira, haverá menos pressão e mais tolerância de fora para dentro, o que é sempre uma vantagem para quem comanda a equipa. Contudo, o sucesso de Vítor Pereira irá depender dos resultados. Os fenómenos Mourinho e Villas-Boas confirmam que essa é uma lei inexorável do futebol.

TELEX PARA VILLAS-BOAS

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 11:29




As circunstâncias da saída de Mourinho em 2004, não podem ser comparadas às de Villas-Boas. Mourinho saiu logo que a época 2003-04 terminou, dando tempo e dinheiro ao FC Porto para encontrar uma solução. Acresce que Mourinho, durante o percurso vencedor no FC Porto, nunca fez juras de amor ao clube azul e branco. Já Villas-Boas, vincou sempre uma espécie de amor acrisolado pelo Dragão, falando com orgulho tripeiro da chegada à sua "cadeira de sonho". O discurso de Villas-Boas deixava antever que seria o último a abandonar o porta-aviões azul e branco. Afinal será o primeiro. As libras falaram mais alto. Deixa o campeão português a troco de uma boa compensação financeira mas com pouco tempo para procurar uma alternativa. O caso Villas-Boas vem também provar que no futebol, a transcendência do amor à camisola, mágica noutros tempos, hoje não passa de uma utopia...

TELEX PARA O NEGÓCIO COENTRÃO

1

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 11:21




Mandam as regras do mercado que o comprador vai à casa do vendedor. Na negociação de Fábio Coentrão, Luís Filipe Vieira foi a Madrid para tratar dos termos da venda. Uma viagem que em teoria fragiliza o papel do vendedor e que não faz sentido depois das duras posições assumidas pelo Benfica para com Real Madrid e jogador. Aposto dobrado contra singelo que Fábio Coentrão vai ser jogador do Real Madrid. Por um lado, é a vontade do jogador e seu empresário. Por outro, o Benfica que já gastou mais de 12 milhões em aquisições para a nova época, precisa de dinheiro para continuar a construir uma equipa capaz de lutar pelo título 2011-2012... Concordo com a venda de Coentrão. Os clubes portugueses terão de ser sempre vendedores porque são mais frágeis financeiramente do que os espanhóis, ingleses, italianos, etc. Mas deveria ter sido o presidente do Real Madrid a vir a Lisboa comprar na ourivesaria da Luz a mais valiosa jóia do actual plantel do Benfica.

TELEX PARA O MUNDIAL DE SUB 20

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 10:42





Os exemplos de 89 e 91, ou os grandes nomes das gerações seguintes, não foram ainda suficientes para os dirigentes do futebol português, apostarem de "olhos fechados", nos jovens valores do futebol português. A convocatória anunciada por Ilídio Vale para o Mundial de sub 20 que este Verão terá lugar na Colômbia, é composta por jogadores pouco utilizados e emprestados. Nenhum é titular nos chamados grandes. E os dedos de uma só mão chegam e sobram para os que jogaram com assiduidade na Liga Zon Sagres 2010/2011. Os clubes portugueses continuam a dar preferência aos jogadores sul-americanos. E para vermos os jovens valores portugueses da nova geração, é necessário esperar pelo Mundial de sub 20 da Colômbia. Como disse (e bem) o seleccionador Ilídio Vale, "tratamos muito mal aquilo que construímos".

TELEX PARA O REAL MADRID

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 13:33



Continuo a dizer que o grande problema de José Mourinho na época que terminou em Espanha foi o Barcelona. A equipa de Guardiola foi melhor e só não desfeiteou o rival na Taça do Rei. No campeonato e na Liga dos Campeões, o Barça superou merecidamente o Real Madrid. As transformações na pirâmide do futebol merengue, com a exclusão de Jorge Valdano, mostram que Mourinho ganhou o braço de ferro a um director desportivo com quem não falava à meses mas por outro lado, reduzem a margem de erro que será tolerada ao treinador. Depois do tema "arbitragens" e do "mal-estar" motivado com a incompatibilidade com Valdano, resta a Mourinho... ganhar! A partir daqui, o treinador português não terá mais razões para se queixar da cultura do Real Madrid, porque agora a estrutura do futebol do clube está moldada à sua imagem.

TELEX PARA PINTO DA COSTA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 02:42




Pinto da Costa mostrou numa entrevista à RTP que a estratégia de vendas neste Verão será bem diferente da do defeso de 2004-2005. Há sete anos depois da conquista da Liga dos Campeões, o líder portista não conseguiu segurar Mourinho que tinha contrato e as principais figuras da equipa. Desta vez, Pinto da Costa pretende segurar as pérolas do actual plantel, admitindo aumentar se for necessário, o maior orçamento de sempre da história do clube. Falcão e Hulk, responsáveis por mais de 50% dos golos da equipa esta época, só saem pelas cláusulas de rescisão. A de Hulk é proibitiva. A de Falcão é acessível. Quanto a Villas-Boas, o treinador está preso por uma cláusula de 15 milhões e está decido a continuar. Olhando para estes dados e a esta distância do início da nova época, Villas-Boas e Hulk, parecem firmes no Porto 2011-2012. Falcão é uma incógnita. Mas depois de ter batido o recorde de golos numa só época na UEFA, não é crível que o Porto consiga resistir ao interesse de clubes como o Arsenal cujo treinador há bem pouco tempo deu nota máxima ao avançado colombiano, considerando-o um "excelente jogador"...

TELEX APÓS A FINAL DE DUBLIN

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 18:15



O comportamento do Braga valorizou a conquista do FC Porto que terá realizado a exibição menos conseguida da época, na Liga Europa, merecendo contudo levar a Taça para o Dragão. A equipa azul e branca foi a melhor da competição e teve o máximo goleador de todas as edições da prova: Falcão. Villas-Boas tornou-se no mais jovem vencedor de sempre de uma competição europeia e Pinto da Costa coleccionou mais um título, num palmarés que provavelmente nenhum dirigente desportivo jamais atingirá na história do futebol. Na "era Pinto da Costa", o FC Porto já conquistou a nível internacional, duas Taças dos Campeões, uma Taça UEFA, uma Liga Europa, uma Supertaça e duas taças Intercontinentais. Há 29 anos na presidência do clube, Pinto da Costa prometeu há um ano quando se recandidatou ao cargo, voltar às conquistas europeias. E logo no primeiro ano cumpriu a promessa, numa época que pode ser a melhor de sempre do Dragão. É que domingo, há ainda uma final de Taça de Portugal, para disputar...

TELEX DE DUBLIN 2

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 05:28



A taça da Liga Europa pesa 15 quilos e mede 65 centímetros. O imponente troféu vai para Portugal, resta saber em que avião... O Porto é favorito, mas o Braga terá uma palavra a dizer naquele que é o momento mais alto da vida do emblema minhoto. O presidente da UEFA Michele Platini que ganhou ao Porto a Taça das Taças em 84 como jogador da Juventus, vai entregar ao capitão de uma das equipas portuguesas, o troféu da segunda mais importante prova da UEFA de clubes. Em tempo de crise e de cinto apertado, os portugueses acrescentam auto-estima, por causa do futebol, uma das raras actividades que continua dar a Portugal, sucesso internacional. Por isso, que ninguém estranhe se a tribuna do Dublin Arena, estiver esta noite transformada num palco carregado de actores políticos. Em bicos de pés...

TELEX DE DUBLIN 1

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 12:51



É ingrato equipas de duas cidades portuguesas separadas por 47 quilómetros (Porto e Braga), jogarem uma final europeia, a duas horas e meia de avião... Em tempo de crise, a UEFA poderia rever casos desta natureza... O Riazor (na Corunha) , ou o Bernabéu (em Madrid), dariam mais jeito aos adeptos dos dois emblemas do norte de Portugal. Mas como não é possível, porque os regulamentos determinam a marcação do palco da final, antes do início da prova, os adeptos de Porto e Braga terão de fazer mais um esforço para assistirem à inédita e (provavelmente) irrepetível final entre duas portuguesas. Por estes dias, a Irlanda está ligada a Portugal, através do futebol, depois dos dois países terem em comum, o pedido de ajuda financeira externa. Mas o imponente troféu de 15 quilos há algum tempo exposto em Dublin e que virou atracção turística para quem visita a cidade, no final do jogo de 4ª feira, vai para Portugal. Garantidamente!

TELEX PARA MADRID

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 16:23




Ficou mal ao Real Madrid não reconhecer a superioridade do Barcelona na meia final da Liga dos Campeões. Fica mal a José Mourinho, não reconhecer que o Barcelona é na actualidade melhor que o Real Madrid. A classificação do campeonato espanhol confirma esta realidade. As duas mãos da Liga dos Campeões também. Nos confrontos directos, o Real só conseguiu uma vitória, em tempo extra, na final da Taça do Rei. E a dimensão da festa que equipa técnica, jogadores e adeptos merengues fizeram após essa conquista, configura complexo de inferioridade.
Mourinho, após o jogo de Barcelona, não deveria ter acenado com a mão direita, rodando os dedos da mão, um gesto habitualmente entendido como sinal de roubo. E Cristiano Ronaldo também não deveria ter imitado o seu treinador, produzindo o mesmo gesto. A menos que tenha pretendido queixar-se de roubo de inspiração, depois daquele que terá sido o primeiro jogo da sua carreira em que não desferiu um único remate à baliza adversária. Zero remates de Ronaldo de um Real Madrid que não merecia a final da Champions perante o especial Barça de Messi...

TELEX PARA PATRÍCIO

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 05:55


Rui Patrício provou no Porto-Sporting que é o melhor guarda-redes português da actualidade. E não fosse a soberba exibição de Patrício, hoje ninguém andaria a discutir a mão na bola de Rolando na área do Porto que deveria ter sido punida com uma grande penalidade, nos últimos instantes do clássico do Dragão. Rui Patrício com 23 anos, é mais um diamante produzido pela Academia do Sporting e não espanta que no próximo Verão dê o salto para um dos principais emblemas da Europa. Admito que esta comparação é polémica, mas vejo em Rui Patrício um guarda-redes com traços do saudoso Vítor Damas. É alto, elástico e corajoso nas manchas aos avançados. Um guarda-redes que vai dar brado no panorama internacional. Numa época negativa do Sporting, Patrício é dos poucos nomes que se salva. Por outro lado, as exibições do guarda-redes, confirmam o que ninguém chegou a compreender: a contratação de Hildebrand. Um dos vários erros de casting de Costinha e Paulo Sérgio...

TELEX PARA SETÚBAL

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 13:19


O presidente do Vitória de Setúbal, Fernando Oliveira, entrou por caminhos sinuosos, na análise ao comportamento do treinador do Benfica, na Figueira. Em minha opinião, Jorge Jesus fez o que lhe competia, na gestão dos recursos humanos de uma equipa que neste mês de Abril, joga duas eliminatórias da Liga Europa, uma meia-final da Taça de Portugal e a final da Taça da Liga. Perante este quadro e com o segundo lugar do campeonato sentenciado, era previsível que Jorge jesus utilizasse frente à Naval, um onze de não titulares. Previsível e aceitável. O treinador do Benfica limitou-se a defender os interesses da sua equipa, concentrada na UEFA e nas taças portuguesas. A luta pela manutenção é seara alheia para o Benfica. E o presidente do Vitória de Setúbal, não tem que imiscuir-se na estratégia de Jorge Jesus. Fernando Oliveira não teria o mesmo discurso se as duas bolas enviadas ao poste por Carlos Martins e Sidnei, tivessem entrado na baliza de Salin, ou se Luís Filipe no último minuto não desperdiçasse uma flagrante ocasião para o Benfica sair com os três pontos da Figueira. E já agora, uma pergunta a Fernando Oliveira: o que vai dizer de Villas-Boas se na antepenúltima jornada, o FC Porto poupar os titulares em Setúbal, em vésperas da 2ª mão da meia final da Liga Europa?

TELEX PARA DUBLIN

1

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 07:16


Dublin que (qual ironia do destino...) recentemente também pediu ajuda ao FMI, para combater a grave crise económica que atravessa, vai acolher a 18 de Maio, a final da Liga Europa. E depois dos sensacionais resultados das equipas portuguesas, na 1ª mão dos quartos de final, é expectável um jogo com festa lusitana na capital da República da Irlanda. Sem ponta de sobranceria, é possível antever como praticamente garantida a presença de pelo menos uma equipa portuguesa na final de Dublin... Os resultados de Porto, Benfica e Braga, fazem do futebol, o antidepressivo do nosso país, mergulhado numa crise política e económica de consequências ainda imprevisíveis. É verdade que o grande sucesso das três equipas portuguesas está a verificar-se naquela que é uma espécie de 2ª divisão da Europa. Mas mesmo assim é caso para perguntar em que actividade, Portugal pode ufanar-se de ser o segundo melhor país da Europa?

TELEX PARA A JORNADA EUROPEIA

0

Posted by Pedro Azevedo | Posted on 11:12


O futebol português, através dos representantes em prova na UEFA, pode somar mais uma jornada de sucesso sem precisar de "ajuda externa". O Porto, com o título já assegurado no campeonato português já mostrou que é um sério candidato à conquista da Liga Europa. Os portistas com o campeonato resolvido, podem agora apontar baterias à prova europeia e o adversário (Spartak de Moscovo) é inferior ao Dragão. O Benfica sabe que esta época restam as taças, depois do adeus ao título. A equipa encarnada beneficia ainda de um PSV psicologicamente afectado com a perda do comando da Liga holandesa e desfalcado de três avançados do plantel para o jogo da Luz. Os jogadores do Benfica, vão sentir o efeito sempre tonificante de uma atmosfera favorável (a Luz tem lotação esgotada). Finalmente o Braga. Tem a vantagem de jogar o encontro decisivo em casa. Na primeira mão em Kiev, um Braga tão rigoroso e concentrado como o de Liverpool, permite começar a piscar o olho a uma meia final com o Benfica...